terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Programação especial atrai foliões ao Vale do Sonho

Hotel prepara feriado de carnaval com opções variadas para toda a família

O carnaval é uma das festas mais esperadas do ano, seja para quem busca a diversão da folia, seja para quem tira uma folga da correria do dia a dia para descansar. Para quem quer fugir do trânsito e das praias lotadas do litoral e aproveitar o feriadão com toda a família, a dica é o Vale do Sonho Hotel e Eventos.
Localizado em Guararema, no Vale do Paraíba, a 70 km da capital paulista, em uma região que oferece cenário ecológico ímpar, como a Mata Atlântica e o Rio Paraíba do Sul, o Vale do Sonho é uma ótima opção para quem deseja curtir o Carnaval com toda a família. O hotel conta com piscinas aquecida e natural, sauna, sala de jogos, restaurante, bar, quadra poliesportiva, e 26 acomodações, divididas em apartamentos e chalés, todos equipados com conexão wirelless, tv a
cabo, telefone, frigobar, DVD e aquecimento central. A programação especial preparada pelo hotel inclui além de todas as refeições, drink de boas vindas e chá da tarde de sábado a terça, festival de massas no sábado e uma deliciosa paella de frutos do mar no jantar de domingo. A
segunda-feira estará repleta de folia, começando com a matinê à fantasia para crianças com DJ, pipoca, hot dog e algodão doce, apresentação de bateria show escola de samba, trazendo também mulatas e fantasias, e terminando com um jantar animado com música ao vivo. Terça-feira é dia de churrasco no restaurante e música ao vivo na piscina.
Para a diversão ficar completa, haverá também monitores para recreação (adulto e infantil), bingos, carreata aos pontos turísticos (city tour) etc, além de material especial para pes caria no Rio Paraíba do Sul e cavalos para montaria.As opções para o Carnaval são variadas, buscando atender todas as necessidades dos hospedes com pensão completa e cortesia de uma criança até quatro anos por apartamento. Na primeira opção, os pacotes de cinco dias com check-in na sexta-feira 17 e check-out na quarta-feira dia 22, têm valores que vão de R$ 2.500,00 para o casal nos apartamentos Standart, a R$ 6.500,00 para os chalés superiores quíntuplos com dois quartos. Para o Chalé Standart para casal, também com dois quartos, o valor é de R$ 4.750,00. A segunda opção é o pacote de quatro dias, com check-in na sexta-feira 17 após as 15h e check-out terça-feira 21 até as 16 horas. Neste pacote, as tarifas promocionais vão de R$ 2.400,00 para o apartamento Standart casal a R$ 6.300,00 para os chalés Superiores quintuplus.
Para quem não terá o feriado prolongado, o hotel oferece a opção do Day Use que dá direito a passar o dia aproveitando a área de lazer e recreação do Vale do Sonho. São duas opções de Day Use. A primeira que inclui almoço e lanche da tarde varia de R$ 80,00 para adulto e R$55,00 para crianças de cinco a dez anos. A segunda opção inclui café da manhã, almoço e lanche da tarde por R$ 90,00 adulto e R$65,00 para crian ças também de cinco a dez anos com cortesia para uma criança com até quatro anos.

Serviço:
http://www.valedosonho.tur.br/
(11) 4693-1894 / 4693-2510/ 9778-8380
reservas@valedosonho.tur.br

Encatho acontece de 25 a 27 de abril no Centro Sul, em Florianópolis


A ABIH-SC - Associação Brasileira de Indústria de Hotéis prepara o Encontro Catarinense de Hoteleiros (Encatho), que será realizado neste ano, de 25 a 27 de abril próximo, no CentroSul, em Florianópolis, SC. A escolha dos conferencistas e palestrantes para o evento, dos coordenadores dos cursos e oficinas e a Rodada de Negócios foram alguns dos itens discutidos. Além da organização da feira de negócios que já está com mais de 70% de seus stands comercializados.O tema central do evento será a “A hotelaria na era da Informação”. No evento, dezenas de jornalistas especializados em Turismo já confirmaram a participação. (Na foto, no ano passado (2011), jornalistas de turismo se reuniram em pose no último dia do Encatho).

Reunião do Conselho Estadual de Tursimo de SC acontece hoje (31) com entrega de manifesta ao secretário de Estado, César Souza Júnior

A reunião do Conselho Estadual de Turismo de Santa Catarina está marcada para hoje (31), terça-feira, marcando o início de uma nova fase da entidade. Para a presidente Jô Cintra, (foto), uma nova fase se inicia com a entrega do Manifesto do Turismo de Santa Catarina ao secretário Cesar Souza Júnior, com sugestões e diretrizes para um turismo de qualidade no estado como um todo. (Leia o manifesto, clicando na página do Conselho Estadual de Tursimo de Santa Catarina - acima neste blog).

Manifesto

O Manifesto do Turismo de Santa Catarina apresenta diretrizes do Conselho Estadual de Turismo para 2012 e 2013. O documento, elaborado pelas entidades do trade turístico catarinense (Abav, Abrasel, Convention & Visitors Bureau de Santa Catarina, Santur, entre outros) visa garantir à Santa
Catarina o aumento da competitividade do setor e aproveitar os impactos da realização da Copa do Mundo de Futebol FIFA™ em 2014 e dos Jogos Olímpicos em 2016. “Acreditamos que os mega eventos esportivos representam uma importante oportunidade para acelerarmos o aumento da competitividade dos produtos turísticos do Estado de Santa Catarina”, comentou a presidente do CET, Jô Cintra.
O documento, que será entregue durante 2ª reunião do Conselho Estadual de Turismo neste ano, também aponta os principais pontos fracos deste setor, que necessitam de investimentos públicos, como infraestrutura. “O objetivo é que o Manifesto possa contribuir com a nova Diretoria de Projetos Estruturantes da SOL”, afirma Cintra. Segundo a presidente, o objetivo macro-estratégico desde Manifesto é sobrepor-se às questões político-partidário. O CET é um colegiado democrático e representativo, cuja função é garantir a continuidade das conquistas e buscar o aprimoramento de políticas e programas voltados ao desenvolvimento do turismo de
Santa Catarina. “O Manifesto se configura em um consistente instrumento aplicável, com intuito de orientar os trabalhos sincronizados da iniciativa privada (trade turístico) e do poder público com as entidades da sociedade civil organizada do turismo de Santa Catarina”, argumentou Jô Cintra.
Os membros do CET foram empossados pelo Governador Raimundo Colombo em junho de 2011. Após seis meses de ampla discussão, os conselheiros elencaram suas prioridades, entre elas consolidar o processo de regionalização do turismo.

Preço dos pacotes para passar Carnaval no Rio de Janeiro sobe até 27%

Os turistas que optarem por passar o Carnaval no Rio de Janeiro devem ficar atentos, pois o preço dos pacotes subiu, em média, 17,6% em relação a 2011, segundo dados da pesquisa realizada pelo SindRio (Sindicato de Hotéis , Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro).
As variações podem chegar a até 27%, dependendo do local e hotel escolhido. Segundo a rede hoteleira da cidade, os reajustes foram necessários devido aos investimentos em modernização e ampliação e ao aumento da competitividade e procura pelo destino, que ganha cada vez mais visibilidade com as chegada dos megaeventos programados para acontecer na cidade.
Os preços mais baixos podem ser encontrados nos bairros do Flamengo, Botafogo, Santa Teresa e Centro. Um pacote de quatro noites, na praia do Flamengo, pode ser encontrado por R$ 1.782.
Ocupação

Quem ainda não fechou um pacote para o Carnaval na cidade deve ficar atento, já que a taxa média de ocupação dos hotéis da zona sul da baixa fluminense já está em 71%. A expectativa é que chegue a 98%, um aumento de dois pontos percentuais com relação ao Carnaval passado. Para o verão, a expectativa é de 83% de ocupação. Quanto ao perfil do turista, a pesquisa identificou um crescimento na procura pelos brasileiros, sendo que, atualmente, 68% das reservas são deles, contra 32% de estrangeiros.

É nesta terça-feira (31) o lançamento da 17ª Festa Nacional do Marisco em Penha (SC)

O prefeito de Penha, Evandro Eredes dos Navegantes, lança na noite desta terça-feira (31), a 17ª Festa Nacional do Marisco. Evandro, juntamente com a secretária de Turismo (Sectur), Simone Cardoso, e a empresa CMB Promoções e Locações, receberão os convidados num jantar na Petisqueira do Alírio, na Praia de Armação. Neste ano a festa será entre os dias 9 e 12 de fevereiro. A promessa é reunir os melhores pratos à base de marisco, em 10 restaurantes. A Associação e a Cooperativa de Maricultores de Penha (Amap e Coopermap) estimam o consumo de 5 toneladas do mexilhão. Entre os shows nacionais, Michel Teló, João Bosco e Vinícius, Hugo e Tchê Garotos.

Escolha da Rainha e Princesas da 17ª Festa Nacional do Marisco é neste sábado

A Secretaria de Turismo de Penha (Sectur) divulgou na manhã de segunda-feira (30), a mudança de data do concurso de escolha da Rainha e Princesas da 17ª Festa Nacional do Marisco. O desfile, marcado para a noite de abertura do evento, foi antecipado para sábado, dia 4, a partir das 19h, na Praia Alegre. De acordo com a secretária de Turismo, Simone Cardoso, a data do concurso foi mudada em função do show nacional na primeira noite da festa com a presença do cantor sertanejo Michel Teló. “O concurso perderia o brilho e a organização acabaria sobrecarregada logo na primeira noite do evento”, explica.
Com as inscrições encerradas, as 23 candidatas iniciam a etapa de preparação para o desfile. O concurso, organizado pela Sectur em parceria com a Pretty Woman Models, premiará a rainha com a importância de R$ 1.000 e mais um book fotográfico. Para a 1ª princesa, o prêmio será de R$ 500 e a 2ª princesa com R$ 250. As ganhadoras terão a missão de divulgar a Festa do Marisco em eventos realizados no Estado.

Estudo da Demanda Turística – Turismo receptivo de alta estação 2012

A Santur, em parceria com os municípios de Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Chapecó, Florianópolis, Joinville, Laguna, Piratuba, São Francisco do Sul e Urubici, realizará nos meses de fevereiro e março do corrente ano a pesquisa Estudo da Demanda Turística – Turismo receptivo de alta estação. A pesquisa será aplicada nos municípios mencionados acima em duas etapas, a primeira prevista para ocorrer na data de 07 a 13 de fevereiro e a segunda de 01 a 07 de março. A pesquisa tem por objetivo a quantificação, avaliação de serviços e equipamentos turísticos, bem como, a caracterização em termos de perfil dos visitantes que demandam ao estado neste período.

Florianópolis: Casarão no Campeche vai preservar memória da Aéropostale e de Saint-Exupéry

Imóvel que sediou base da Companhia Aéropostale, empresa na qual trabalhou o piloto e escritor Antoine de Saint-Exupéry, será restaurado para abrigar um centro cultural no Campeche

O casarão onde funcionou a base da Compagnie Génerale Aéropostale, empresa de correio aéreo na qual trabalhou o piloto e escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, será revitalizado no Campeche. A autorização permitindo a restauração do imóvel sem restrições foi entregue pelo superintendente do Iphan (Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Dalmo Vieira, ao superintendente da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, Rodolfo Joaquim Pinto da Luz, na sexta-feira(27), durante encontro que contou com a presença de Olivier D’Agay, sobrinho-neto de Saint-Exupéry.
De acordo com o superintendente do Iphan, a recuperação do casarão de pilotos vai materializar as relações franco-brasileiras fortalecendo os laços existentes entre os dois países desde o período colonial. “Os franceses estiveram em todos os lugares do Brasil, inclusive em Santa Catarina. Eles foram responsáveis por uma revolução no pensamento da arquitetura brasileira. Esse projeto pode esperar todo o apoio do Iphan”, garantiu Dalmo Vieira, ressaltando que a autorização já foi encaminhada a Brasília, para viabilizar a captação de recursos para a obra via Lei Rouanet, do Ministério da Cultura (MinC).
Olivier D’Agay (Na foto, da esquerda para direita: Monica Cristina Correa, Olivier D'Agay e Roseli) veio pela primeira vez à capital catarinense para conhecer o campo de pouso (aeródromo) e o casarão dos pilotos, chamado de Popote – locais que abrigaram a base da Aéropostale, entre as décadas de 1920 e 1930, quando a empresa mantinha escala no sul da Ilha de Santa Catarina. “Este projeto é muito importante porque está vinculado a uma ação internacional unindo Florianópolis a outras cidades-escala da Europa, África e América do Sul. Ele está ligado não só à memória da Aéropostale como também de Saint-Exupéry”, explicou o diretor da instituição que administra as ações culturais e comerciais associadas à imagem do piloto francês.

Parceria

Durante a permanência em Florianópolis, D’Agay visitou a exposição “O Aviador e O Pescador”, viabilizada com recursos da Succession Saint-Exupéry. A mostra fica aberta à visitação pública até dia 12 de fevereiro, no Museu Histórico de Santa Catarina, no Centro, e depois segue em
itinerância por vários municípios do estado com apoio da Fundação Catarinense de Cultura. D’Agay conheceu também as instalações da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, situada ao lado do casarão Popote, no Campeche. No local, a Fondation Saint-Exupéry estuda a possibilidade de oferecer formação extracurricular em francês voltada a crianças e jovens estudantes. O curso seria financiado pela instituição e ministrado em parceria com a Aliança
Francesa de Florianópolis e Secretaria Municipal de Educação. Os jovens formados poderão, ao final do curso, obter o diploma elementar de Língua Francesa (DELF e DELF júnior), reconhecido pela União Europeia e os que obtiverem melhores resultados realizarão uma viagem ao país de Saint-Exupéry. “Essa relação com a França é muito interessante porque é algo que vai beneficiar tanto a cultura quanto a educação. Quem ganha é Florianópolis”, ressaltou o superintendente Rodolfo Joaquim Pinto da Luz, que é também secretário municipal de Educação. “A vinda de Olivier D’Agay mostra que todo este projeto alcançou credibilidade internacional, complementa a pesquisadora Mônica Cristina Correa idealizadora da proposta de restauro do casarão para preservação da memória da Aéropostale em Florianópolis.

Tombamento Universal

A exposição itinerante e a restauração do casarão Popote colocam Florianópolis em consonância com um movimento internacional que visa preservar e divulgar a história da rota intercontinental mantida pelo correio aéreo francês no início do século 20. Para isso, aconteceu recentemente em Toulouse, na França, um encontro reunindo representantes das 26 cidades de três continentes que tiveram escalas da companhia. No evento, foi criada a Rede de Cidades da Aeropostal, com a formalização de um acordo de parceria para reforçar as trocas culturais, econômicas e comerciais entre as cidades-escala, incluindo Florianópolis, que foi representada pela Fundação Franklin Cascaes. O objetivo da rede é classificar a “Ligne” como patrimônio da humanidade junto à Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura). O acordo prevê que as cidades-escala atuem em sinergia com os herdeiros dos pilotos da Aéropostale e associações que trabalham pela memória desta epopeia aérea. As ações propostas incluem a criação de espaços de memória nas cidades-escala; realização de exposições itinerantes, debates, conferências e eventos culturais sobre o tema; além de organização de encontros anuais para fortalecimento do intercâmbio entre as cidades da rota. A “Ligne” iniciava na França e passava pela Espanha, no continente europeu, depois seguia pelo norte da África até chegar à América do Sul, incluindo escalas no Brasil, Uruguai, Argentina e Chile.

De Saint-Exupéry a Zeperri

A Compagnie Génerale Aéropostale foi pioneira no serviço de correio aéreo entre a Europa, África e América do Sul, contando com o trabalho de pilotos veteranos da Primeira Guerra Mundial que romperam as fronteiras entre os continentes. A importância da empresa para o desenvolvimento da aviação internacional, aliada à grandiosidade dos feitos dos pilotos, que
arriscavam suas vidas nos primórdios da aviação, ganhou mais visibilidade pela obra de um deles, que também foi escritor: Antoine de Saint-Exupéry, autor do livro “O Pequeno Príncipe’, entre outros sucessos editoriais.
Das 11 escalas da Aéropostale no Brasil, a de Florianópolis, na região do Campeche, está entre as mais bem conservadas do mundo. A comunidade foi palco de várias aventuras dos aviadores da Companhia entre as décadas de 1920 e 1930, guardando traços da inusitada convivência dos pilotos franceses com pescadores ilhéus. Os ases da pilotagem, tais como Jean Mermoz, Henri Guillaumet, Saint-Exupéry e outros, tiveram passagens pela Ilha de Santa Catarina registradas aleatoriamente, mas eternizadas em livros, como as memórias de Paul Vachet, em “Avant les Jets” (1964), onde o autor conta sobre a compra do terreno de aviação e a relação com os “compadres” catarinenses.
O próprio Saint-Exupéry menciona Florianópolis no livro “Vôo Noturno” (1931). Ele, que foi o mais célebre dos pilotos, ficou conhecido pelos pescadores como “Zeperri” – devido à dificuldade que os moradores, descendentes de açorianos, tinham de pronunciar o sobrenome do francês. Entre as relações do escritor com o Campeche, uma tornou-se especial. Manoel Rafael Inácio, o “seo” Deca, guardou na lembrança as passagens do piloto pela região. A memória dessa amizade virou um livro, escrito por Getúlio Inácio, filho do pescador. Também inspirou o documentário “De Saint-Exupéry a Zeperri”, produzido pela pesquisadora Mônica Cristina Corrêa.

Pilotos e pescadores

O projeto de restauro da Popote, no Campeche, idealizado por Mônica Corrêa, foi aprovado pelo Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf) e pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan/SC). O financiamento da obra deverá contar com recursos da iniciativa privada, por meio da Lei Rouanet de incentivo à cultura, via Ministério da Cultura (MinC). Pela proposta, o antigo casarão dos pilotos, cujo imóvel é de propriedade da Prefeitura de Florianópolis, será restaurado e transformado em um espaço cultural, abrigando o “Memorial Pilotos e Pescadores Antoine de Saint-Exupéry”. No local haverá uma área destinada à memória da antiga companhia de aviação francesa e sua relação com o Brasil, com exposições permanentes e temporárias, além de salas para cursos, palestras, exibição de filmes, e outras atividades de uso comunitário. O restauro visa registrar a memória do Casarão dos Pilotos, e valorizar sua relação com a história do bairro e a cultura da cidade. Depois de restaurado, o imóvel deve ser administrado pela Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Siderópolis confirma 7ª edição do carnaval de rua

Siderópolis terá carnaval de rua este ano. A decisão saiu de reunião do prefeito Douglas Warmling, o Guinga, com a Fundação Municipal de Cultura e CDL. A festa de momo será realizada de 17 a 20 de fevereiro, em frente ao Siderópolis Clube, no centro da cidade. O Carnaval volta a agitar os foliões depois da edição de 2011 ter sido cancelada devido as chuvas que atingiram a região nos primeiros meses do ano passado. Serão quatro noites de muito agito para embalar os foliões de toda a região com a Banda Scorpions. A programação inclui destaque para o carnaval infantil que acontece no domingo à tarde no Siderópolis Clube.
7ª Feijoada da Montanha
Um atrativo especial do Carnaval de Siderópolis tem sido a realização da Feijoada da Montanha desde 2005. O evento já é destaque na região e reúne a população no Siderópolis Clube na busca da integração de diversas culturas. A 7ª Feijoada da Montanha acontece no sábado de carnaval, dia 18, a partir das 11h. As camisetas começam a ser vendidas essa semana no Paço Municipal ao preço de R$ 25, numa parceria com a Fundação Municipal de Cultura e Movimento de Conscientização Negra Cruz & Souza.

Carnaval de Rua de Concórdia promete um espetáculo nos desfiles dos blocos

O carnaval de Rua de Concórdia 2012 promete surpreender neste ano. Tudo, devido à grande preparação dos três blocos carnavalescos de Concórdia (Império Guerreiro, Unidos da Alegria e Matriz do Samba). Os desfiles serão realizados nos dias 19 e 21 de fevereiro, domingo e terça-feira, respectivamente, às 21h, na Rua Dr. Maruri, então denominada “Passarela do Samba”. O trajeto inicia próximo à Loja Alfana e termina no junto ao Posto Perizollo. Os três blocos trabalharam durante todo o ano de 2011 para fazer bonito nas duas noites de desfile. Além da confecção de fantasias e criação de carros alegóricos, dedicaram boa parte do tempo em pesquisas, especialmente para a criação do enredo e das alegorias que determinam a linguagem do desfile.
O Unidos da Alegria conta um pouco da história da Guerra do Contestado. O Samba de Enredo do Império Guerreiro relembra o Carnaval de Concórdia e o Matriz do Samba tem como tema o Folclore. Os três blocos têm mais de 300 componentes cada. Através de convênio com a Prefeitura Municipal de Concórdia, por meio da Fundação Municipal de Cultura, repassou R$ 85.000,00 para a ABCC, que foi dividido e aplicado entre os três blocos no desfile.

Avaliação

A comissão julgadora será composta por oito jurados, sendo quatro de Concórdia e quatro de outras cidades, que terão a tarefa de julgar os quesitos: Mestre Sala e Porta Bandeira; Comissão de Frente; Bateria; Samba Enredo; Enredo; Harmonia; Alegoria e Adereços; Fantasia; Conjunto e Evolução.
Haverá premiação em dinheiro para os três blocos participantes do Carnaval de Concórdia: 1º lugar: R$ 10.500,00; 2º lugar: R$ 10.000,00; 3º lugar: R$ 9.500,00. A divulgação das notas será no dia 22 de fevereiro, na Quarta-feira de Cinzas, na Praça Dogello Goss, quando será divulgado publicamente quesito por quesito de cada Bloco, sendo então,anunciado o Bloco campeão do Carnaval de Concórdia 2012.

A maior Tirolesa do país será em Ibirama

As obras da maior tirolesa urbana do País estão em fase de conclusão, segundo os profissionais da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente - SEDEMA: “Diversas etapas foram superadas, inclusive com algumas alterações que se fizeram necessárias para a efetivação do audacioso projeto”. Acompanhe alguns detalhes sobre a implantação deste que será um dos maiores produtos turísticos do Brasil. O passo inicial foi dado no segundo semestre de 2009, com a elaboração de um projeto para a implantação de uma Tirolesa. Objetivando alavancar o setor turístico em toda região e consolidar definitivamente o município de Ibirama como Capital Catarinense do Turismo de Aventura.
Alguns projetos foram visitados pelos profissionais da Prefeitura, porém, todos eram realizados em perímetro rural, nada comparado à grandiosidade da proposta criada para Ibirama. Conforme informou o secretário municipal da SEDEMA: “Quanto a viabilidade de implantação foi solicitado a vinda de um técnico especializado neste tipo de projeto que realizou um levantamento topográfico com relação às cotas de altura do ponto inicial e do ponto de chegada, dando parecer favorável”. O levantamento apresentou compatibilidade, levando em conta a altura da saída e da chegada, bem como a distância de pouco mais de 900 metros. Por outro lado inviabilizado em função das três linhas de energia elétrica que se encontram na Rua 3 de Maio, que deveriam ser retiradas. Aém dos cabos estarem passando muito próximos ao solo do centro da cidade cerca de 40 metros de altura na rua Tiradentes.
No sentido de viabilizar o projeto, sem prejudicar futuros empreendimentos, novo local foi levantado, agora sim com apenas uma linha de energia elétrica como obstáculo, ainda na Rua 3 de maio, ao lado do Prédio do Hansa, passando a extensão para 1000 metros, agora a mais de 60 metros do solo no centro da cidade. Definidos os pontos, e as implicações legais quanto as autorizações e a anuências dos proprietários dos imóveis, por onde os cabos futuramente vão passar, inicio-se a construção do mirante. Com as finalidades de proporcionar uma vista panorâmica fantástica e aumentar o ângulo de saída dos cabos.
Por fim, foram finalizadas nesta semana quarta feira (18) a concretagem das ancoragens, onde fora utilizadas cerca de 28 toneladas de concreto, para dar segurança máxima ao empreendimento, aguardamos agora somente o período de cura do concreto para que os cabos possam ser esticados, ajustados, passando ainda por um período de testes e ajustes até ser definitivamente posto em operação.

Escolas de Samba de Itajaí fazem ensaios abertos ao público

População pode participar de segunda a sábado em horários variados

Quem quiser entrar em ritmo de Carnaval tem a opção de participar dos ensaios da Liga das Escolas de Samba de Itajaí (LIESI). As atividades preparatórias para os dois dias de desfile, que ocorrerão nos dias 18 e 19 de fevereiro, na Rua Silva, atrás do Itajaí Shopping, já começaram e
têm atraindo muita gente. Este ano irão abrilhantar o Carnaval 2012 cinco escolas do Grupo A, que se apresentam no dia 18 (sábado) e duas escolas, três blocos de animação e dois blocos carnavalescos no dia 19 (domingo), participantes do Grupo B. Os ensaios abertos ao público acontecem à noite, em horários variados.
Confira os horários e locais:

Escola de Samba Michel Currú
Horário: 2ª, 3ª, 5ª e sábado – das 19 às 22 horas
Local de ensaio: Centro Comunitário Bambuzal
Contato: Jean Reinert – 9977-6369 ou 3045-63069

Escola de Samba Macunaíma
Horário: de 2ª a 5ª – das 20h30 às 22 horas
Local de ensaio: Fundos Centreventos de Itajaí
Contato: Valter José Baião – 9984-7259

Escola de Samba Imperador
Horário: 2ª, 4ª e 6ª – das 20 às 22 horas
Local de ensaio: Rua Olegário Souza Junior - Próximo à
Prefeitura de Itajaí
Contato: Levi José de Matos – 8479-7738 e 3349-1919

Escola de Samba Unidos da Loca
Horário: de 2ª a sábado – das 20h30 às 22 horas
Local de ensaio: ao lado do Mercado Maxi – Bairro São
Vicente
Contato: Fridolino Uhlmann – 3246-2980 ou 8812-6566

Escola de Samba Raízes de Itajaí
Horário: 2ª, 5ª e 6ª – das 20h30 às 22 horas
Local de ensaio: Rua Joaçaba, 124 – Bairro Rio Bonito
Contato: José Jacinto (Tom JJ) – 8415-2212

Escola de Samba Fúria Marcilista
Horário: 2ª, 3ª, 5ª e 6ª – das 20 às 22 horas
Local de ensaio: Em frente à Biblioteca Pública de Itajaí
Contato: André - 9977-3541

Escola de Samba Família
Contato: Odair Inocêncio – 9965-7014

Abertas inscrições para o concurso de Rainha da Festa Nacional do Pinhão

As inscrições para o concurso da Rainha e Princesas da XXIV Festa Nacional do Pinhão estão abertas a partir desta quinta, 26 de janeiro, até o dia 22 de fevereiro. As inscrições podem ser feitas em horário normal de
expediente da Fundação Cultural (13.00 às 19.00h). O concurso será realizado no dia 1º de março, na sede social do Clube Caça e Tiro, a partir das 20h30. Para participar, a candidata deverá ser natural de Lages ou estar residindo no município há pelo menos dois anos (até o último dia previsto para o recebimento das inscrições); ter dezoito anos completos até o dia do concurso, ser solteira, e jamais ter sido casada, separada, divorciada ou vivido em situação de concubinato; não ter filhos, nem estar grávida, não ter parentesco, natural ou civil, de primeiro e segundo graus, com qualquer membro da CCO e da Fundação Cultural e com servidores comissionados da Prefeitura de Lages; não ter, a qualquer tempo, posado nua ou em poses eróticas divulgadas em revistas ou quaisquer outros meios de publicação de apelos ou conotações sexuais ou, ainda que comprometam a imagem da Festa Nacional do Pinhão e a cultura e os costumes de Lages.
Para realizar a inscrição, a candidata deve passar na Fundação Cultural onde receberá a Ficha de Inscrição e Cópia do Regulamento Oficial e assinará Termo de Responsabilidade, devendo entregar foto de rosto e de corpo inteiro, de 15x21, colorida, fotocópia da identidade e do CPF. As vencedoras, independentemente do título, receberão R$ 3.000,00 de prêmio, além de um notebook e outros brindes a serem definidos por apoiadores do evento. Maiores informações pelo telefone: 32247425.

domingo, 29 de janeiro de 2012

Jogos de Verão agitam o Balneário de São Miguel, em Biguaçu

Sol, mar, esporte e diversão não faltaram ao grande público que prestigiou neste final de semana, dias 28 e 29/01/2012, os 25º Jogos de Verão, realizado na Praia de São Miguel, em Biguaçu. Cerca de 4 mil pessoas, entre atletas, moradores e turistas estiveram presentes ao evento, promovido pela Prefeitura de Biguaçu, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Turismo e Lazer. As modalidades disputadas durante o sábado, dia 28/01/2012, foram o futebol sub-11, sub-13 e sub-15, além de voleibol 4X4 misto. O Secretário da pasta organizadora dos jogos, Douglas Borba, comemorou a grande procura para as inscrições. “Já no primeiro dia, batemos o recorde de inscrições no futebol, com um total de 30 equipes, sendo que duas eram formadas por meninas, comprovando que o evento é um verdadeiro sucesso no verão de Biguaçu”, contou Borba.
Já no domingo, 29/01/2012, foi a vez das competições de voleibol de duplas, taco bola e futebol de sabão, modalidade preferida das crianças. Ainda no domingo, após as competições, alunos das escolas de Karatê e Capoeira, que recebem apoio da Prefeitura, fizeram apresentações. Música também não faltou à festa: grupos musicais apresentaram-se no palco montado à beira da praia. Sábado foi dia de samba e pagode com a banda Nosso Swing e no domingo quem fez o show foi a banda Jack Bacana, tocando pop e rock.
O Prefeito José Castelo Deschamps e o Vice-Prefeito Ramon Wollinger elogiaram a organização das competições e a grande participação do público. “Os Jogos de Verão se identificam perfeitamente com o Balneário de São Miguel e já faz parte da história de Biguaçu, pois já está em sua 25ª edição e cresce a cada ano”, comentou o Prefeito. Ramon concordou com Castelo e completou que “com os Jogos de Verão estamos promovendo saúde através do incentivo da prática esportiva, além de ser um evento que reúne famílias inteiras que vem à praia em busca de
esporte, música e lazer.”

Atletas e amigos

Moradores da Praia de São Miguel, os amigos Igor de Almeida e Kleyton Robson Martins, ambos com 12 anos, conquistaram o terceiro lugar no futebol sub-13. “Os jogos reúnem os atletas e amigos, é muito legal”, opinou Igor. “Além do futebol de areia, vamos jogar o de sabão, que é muito divertido”, disse Kleyton. Leonardo César Costa, 16 anos, já havia participado dos Jogos de Verão, e neste ano trouxe os amigos Guilherme Silveira, também de 16 anos, Bruna Karoline Platt e Taysa da Silva Ferrão, as duas com 17 anos. A equipe, formada por moradores de Florianópolis e Palhoça, foi a vencedora da categoria voleibol 4X4 misto. “Com certeza vamos participar no próximo ano, é um evento que une saúde e diversão”, finalizou Leonardo.

Dia do Jornalista

De tão comum e cotidiano, fica difícil prestar devida atenção em como somos bombardeados por informação. São noticiários no rádio, telejornais, revistas, jornais diários e até, claro, os atuais Web sites sempre abarrotados de novidades, conhecimentos, cultura, fatos e fotos.
É... nem sempre paramos para pensar no profissional que está por trás daquele texto bem escrito, que sintetiza várias horas ou dias em alguns parágrafos, que nos dão a perfeita localização no tempo e no espaço, nos transferindo conhecimento suficiente para podermos compreender, opinar e debater os assuntos do nosso interesse.
Poetas do cotidiano. Ah, sim. Assim deviam ser chamados estes ‘profissionais’ que nos poupam nosso precioso tempo, ofertando seus textos bem redigidos em forma de boa literatura para nossa degustação. Impressionante como conseguem resumir num título ou num ‘olho’ de matéria tudo aquilo que vamos digerir dali pra frente. É bonito quando terminamos a leitura de uma notícia, artigo, press-release, ou entrevista, e pensamos por um instante que estávamos mesmo ao lado deste ‘contador de estórias’, ouvindo até suas pausas para respiração, suas expressões faciais e corporais. Às vezes, me pego literalmente aplaudindo quando um comentarista como Arnaldo Jabor conclui seu raciocínio se utilizando tão somente das nossas usuais e corriqueiras palavras.
Arquiteto da ortografia, o bom jornalista é aquele que, assim como se faz na construção civil, emprega, da língua Portuguesa, os materiais básicos que 99% das pessoas comuns podem compreender, não fazendo disso um trabalho medíocre, mas, sim, emprestando sua arte para fazer com que tijolos, vergalhões, areia, pedra e cimento linguísticos, nas medidas e proporções corretas, tomem a forma elegante e edificada que encontramos nas informações jornalísticas.
Como em todo ramo de atividade, nossa língua também é regida por leis. Hildebrando, Aurélio, Bechara. Estes são os juristas que me vêm à mente quando penso nas leis gramaticais e ortográficas do nosso bom Português.
Mas, como toda norma perde seu valor onde há impunidade, não haveria de ser diferente quando do descumprimento das regras de comunicação em nossa língua. Não há multas, prisão, pontos na carteira, nada. Quem quiser sair por aí, redigindo numa língua que inventou, esqueceu ou não aprendeu, dizendo que sabe ler e escrever em Português, nada de ruim vai lhe acontecer. Até mesmo pelo fato que outros tão ou mais ignorantes estarão lá para ler e aceitar a distorção linguística sem nem perceber a mácula que esta displicência causa ao nosso idioma.
Fiquei muito satisfeito ao saber que, apesar da grande maioria das universidades particulares ter abolido o exame vestibular para o ingresso de seu corpo discente, as faculdades ainda mantém uma prova de redação básica, onde, supõe-se, o candidato será avaliado pela sua capacidade de traduzir em textos seus pensamentos, sentimentos e idéias. Das últimas décadas para cá, o homem veio deixando de buscar informações e conhecimentos através da língua escrita para se nutrir de sons e imagens hipnóticas através da televisão. É a geração MTV, que, num compreensível círculo vicioso, se tornou cada vez mais ignorante. Nos últimos anos, empresários, funcionários, estudantes e até donas de casa voltaram compulsoriamente ao hábito da leitura e da escrita. A popularização da comunicação por email fez com que executivos, que usavam suas secretárias para redigir uma simples minuta de reunião ou um comunicado interno, passassem a fazê-lo com suas próprias capacidades. O resultado é um misto de sadismo ortográfico com exposição pública das suas particulares deficiências. E o pior: na maioria dos casos, o “redator” nem sabe que é motivo de escárnio.
Isto, sem falar dos famigerados Blogs (contração ou corruptela de WebLog) que revelam grandes talentos na arte de crucificar nossa gramática. Jovens que não aprenderam para quê servem os acentos, símbolos gráficos, vírgulas, pontos, parêntesis, letras maiúsculas em nomes próprios e no início das sentenças, publicam suas experiências e se expõem publicamente. Puxa! Fiquei um pouco amargo nestes últimos parágrafos, mas a minha intenção é fazer lembrar do valor que tem um profissional que faz do seu dia a dia, uma jornada de resgate e reanimação do sistema de comunicação verbal, mesmo enfrentando a crescente depauperação de sua plateia. Lembre-se sempre que, se não puder vencê-los, jamais (mesmo) junte-se a eles. Senhor jornalista, meus parabéns pelo dia 29 de janeiro.

Balneário Camboriú recebe a 17ª Festa para Yemanjá

No próximo dia 1° de fevereiro, acontece em Balneário Camboriú a tradicional festa para Yemanjá. A festa, que é realizada há 16 anos no município, será no Pontal Norte, a partir das 20h30, e deve reunir muitas pessoas na Praia Central. Umbandistas de várias cidades catarinenses estarão presentes, assim como do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná, São Paulo e como em outras edições, representantes de Portugal, Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai.
A umbandista Rosimara Genevro participa da festa há 11 anos, ela conta que a Umbanda é
cercada por muitos preconceitos e que o evento é uma oportunidade de divulgar a religião. Marne Franco Rosa, mestre de Umbanda, explica que para os umbandistas esta festa é uma missão, além de que esse evento divulga muito a cidade. “Já teve reportagens na Alemanha, na Itália, de pessoas que participam da festa e levam o nome de Balneário Camboriú para seu lugar de origem”. O secretário de Turismo de Balneário Camboriú (Sectur), Carlos Humberto Silva, afirma que a festa é uma manifestação religiosa e cultural e que se sente contente com a décima sétima edição em Balneário Camboriú. “Já se tornou uma tradição na cidade e esperamos que a cada ano ela aumente ainda mais”.
A organização da festa é do Centro Espiritualista de Umbanda Reino de Juna Bomy, de Balneário Camboriú e conta com o apoio da Prefeitura Municipal e da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Balneário Camboriú. Mais informações pelo telefone (47) 3361-6833.

Deleite no ar no Morro dos Conventos

No fim de semana, turistas e veranistas procuram algo mais para se divertir e encontram, no Sul do Estado. E podem se aventurar e curtir um belo visual de formas inusitadas. Conforme registro feito na tarde deste sábado, no Morro dos Conventos, em Araranguá, profissionais praticaram o voo livre na rampa destinada ao esporte no alto do morro. o dia ensolarado e quase sem vento foi perfeito para a aventura e deleite no ar.
Adrenalina no Morro dos Conventos
Quem está em busca de adrenalina, o Morro dos Conventos é um bom destino. A prática de esportes é uma constante no balneário, e o destaque da temporada fica por conta do sandboard, ou surf na areia. "Chegamos a alugar 80, 90 pranchas por dia no final de semana", relata Carlito Bitencourt, 25 anos, um dos responsáveis pelo Beco das Dunas, bar que oferece as pranchas. Uma hora de diversão custa R$ 10 e tem grande procura dos nativos e também de gaúchos e argentinos, principais origens dos turistas que visitam o Morro dos Conventos. "É deslumbrante", diz o agricultor Edemar Neuhaus, 51 anos, quando questionado sobre as belezas naturais do local. Ele reside em Realeza, no Paraná, e está descansando na região com familiares de Forquilhinha.

Sol atrai veranistas e lota Arroio do Silva

A força do sol e o calor que animou moradores e turistas, fez a festa em Balneário Arroio do Silva. A praia ficou lotada durante o fim de semana.
Com a perfeita combinação entre praia, sol e mar, o Balneário Arroio do Silva viveu o fim de semana com muita gente curtindo as atrações. Nos bares, restaurantes e petiscarias, o movimento é intenso, com fila de espera para atendimento.
Crianças, estrelas da praia
O sábado foi de sol mas não de banho de mar no Balneário Rincão. Foram poucos os que se aventuraram na água um tanto gelada, em especial as crianças. Mas elas não perderam tempo. A areia foi o cenário para as inúmeras brincadeiras, desde o treino das vertentes da engenharia ao escavar e construir castelinhos até as bicicletas que foram boas companhias. Naturalmente, os pequenos atraíram muitos olhares, principalmente dos pais. Orgulhosos e cuidadosos. Foi um sábado de perfeita harmonia entre a diversão infantil, a areia e o sol que brilhou no céu azul. Promessa de mais no domingo!
Praia segura no Arroio

Quem vai entrar na água do Balneário Arroio do Silva tem a certeza de estar seguro. É a sensação transmitida pelos salva-vidas, profissionais atentos para salvamentos na orla. Para a maior segurança dos banhistas até um posto está montado perto do mar para melhor visualização de quem precisa cuidar da segurança dos banhistas.
Segundo o salva-vidas André Barreto, que trabalha em sua sexta temporada no Arroio, a prevenção é a melhor via de segurança. “Nós estamos deixando em bandeira vermelha todos os dias para que as pessoas saibam que é perigoso e tenham mais cuidado para entrar na água”, diz o salva-vidas. Segundo ele os incidentes estão menores neste verão. “Já estamos com quase dois meses de temporada e não tivemos quase nenhum acidente. O pessoal sempre vem nos perguntar como está o mar e onde é seguro”, explica. Para conscientizar os banhistas desde cedo também está sendo realizado o Projeto Golfinho, onde crianças de 8 a 13 anos são orientadas sobre cuidados na praia.

Campeonato de Surf no Arroio do Silva movimenta atletas gaúchos e catarinenses no final de semana

Desde ontem, sábado (28) e durante o dia deste domingo (29), está acontecendo a 1ª Etapa Nascente Astralina Open de Surf no Balneário Arroio do Silva. A ASBAS (Associação de Surfe do Balneário arroio do Silva) e Prefeitura Municipal são os realizadores do evento que acontecerá na praia central do balneário. A expectativa dos organizadores é que o evento atinja mais de 100 atletas inscritos em 8 categorias: Infantil, Iniciante, Mirim, Júnior, Local, Open, Soul Surf e Sênior, com competidores vindos do Rio Grande do Sul, Criciúma, Laguna, Imbituba, Florianópolis, além dos atletas locais.
Alto Nível
Segundo a organização do evento a etapa será realizada no mais alto nível, uma superestrutura montada a beira mar, com área vip para atletas, juízes credenciados para julgamento das notas e um sistema de computação dará suporte, tornando todo processo mais ágil e preciso. “Campeonatos desse porte, qualificam atletas para competições maiores, e também revela talentos para o surfe,” diz o presidente da Associação Ranieri Oliveira. Em premiação serão mais de R$ 6 mil reais, com 5 pranchas, troféus, kits de roupas e acessórios. “Sem empresas para incentivar o esporte em nossa região, eventos como esse seriam impossíveis de se realizar.” Ainda afirma o presidente da Associação.
O campeonato tem o patrocínio da Mar bom Surf Shop, Lojas Fátima, Vida Marinha, Nascente Astralina Surf Boards, Viação Cidade e apoio da Ciawax, Work Shop, Posto Rizzoto, Digiart, El Colégio Surf Shop, Ronald Teixeira corretor de imóveis e Santo Réu Praia. Informações podem ser feitas através dos telefones: (48)9608-1236 – (48)9995-2715 – 9923-6641 – 9955-0440 – 9976-3631 ou no local até as 10:00 h da manhã.

Comissão se reúne para acertar estrutura do CARNARINCÃO 2012

O CarnaRincão 2012 foi pauta de reunião na manhã da última quinta-feira (26) entre os membros do Comissão Organizadora para definir detalhes da programação, atrações, estrutura e sonorização para que este ano o evento seja ainda melhor que nas últimas edições. A segurança está sendo tratada com os órgãos competentes e amanhã deve ocorrer mais uma conversa sobre o assunto com a Polícia Militar. Para o prefeito de Içara Gentil da Luz o Carnaval do Rincão já se consagrou e se tornou uma grande festa familiar. “O CarnaRincão é o ponto alto do verão no Balneário onde as famílias se reúnem em torno deste grande evento já consolidado em toda região e junto ao governo do Estado que tem nos dado muito apoio”, ressaltou acrescentando que além da alegria o carnaval no Rincão “também significa um incremento na economia do Balneário”.
Como o a festa de Momo não acontecerá nas cidades vizinhas o trabalho tem sido intensificado para receber um número ainda maior de foliões. “A expectativa é que, neste ano, o público aumente muito, porque Criciúma não terá carnaval de rua. E como fizemos em cada edição do CarnaRincão estamos cuidando de cada detalhe para que a festa, já reconhecida regionalmente e também no estado, ganhe proporções ainda maiores”, destacou Clovis Marcelino, Diretor de Turismo da Prefeitura Municipal de Içara.
Em 2010 mais de 30 mil pessoas participaram do CarnaRincão e a expectativa é de que dobre o público. Municípios da AMREC também estarão participando dos desfiles como integrantes ou com blocos completos como é o caso da cidade de Nova Veneza. A programação terá início da noite de quinta-feira (16) com o ensaio técnico de todas as baterias das entidades carnavalescas que participarão dos desfiles e também a eleição da Rainha e do Rei Momo; cidadão e cidadã samba. Na sexta-feira (17) entram na avenida os blocos de Abada (camisetas). No sábado desfilarão a folia de Momo os blocos do Grupo Especial: Casa Verde, Barra Folia, Luluzinha, Veleiros do Sul e Verão Mais.
O grupo de acesso entrará na avenida no domingo quando também estarão desfilando os municípios convidados “trazendo a alegria de toda a região para a avenida do Balneário Rincão”, comemorou Marcelino. E na segunda acontece o desfile das campeãs. A novidade deste ano é o carnaval de salão que acontecerá no calçadão nas tardes de sábado, domingo e segunda-feira direcionado a terceira idade, às crianças e uma tarde aberta. “O baile terá acesso gratuito, mas com uma exigência: para participar todos devem estar fantasiados”. Após os desfiles o evento continua com shows no calçadão.

Cadê Tereza? Está em Laguna

Não é a Tereza da música de Jorge Ben Jor, mas é uma musa e todos que conhecem gostam muito dela. A Praia da Tereza ao sul do município tornou-se um refúgio aconchegante. Três quilômetros da SC-100, foi descoberta na década de 80, por gaúchos, paranaenses e famílias da região sul de Santa Catarina, como urussanguenses e criciumenses.
Rodeada por morros, tem a extensão de cinco quilômetros de sossego e areia branquinha. O acesso a praia fica pela comunidade de Passagem da Barra, dá para chegar com carro. Único acesso, apenas uma estrada principal. Poucas residências e nenhum comércio. Barulho? Apenas das ondas nas pedras e do vento que costuma aparecer.
Aos poucos os turistas descobrem o local. Exemplo do grupo de amigos paraguaios que conheceram o lugar indicado por brasileiros. “Não dá para acreditar é lindo”, disse Luiz Miguel, maravilhado com a paisagem. Uma antiga moradora deu o nome ao lugar, que antes era conhecido por pescadores. Agora é freqüentado por surfistas e turistas fugindo do agito. Ao norte, pode-se chegar por trilha na praia do Siri, ou Manelone, ao sul nas praias de Ypuã, Galheta e Ponta da Galheta. A praia guarda a vegetação densa na face voltada para o continente e de restinga na porção virada ao mar aberto, com grau de salinidade é elevado. Em locais a vegetação é rasteira com verdadeiros gramados cercados por rochedos escarpados e algumas árvores. Tem uma costa de rochas de embasamento cristalino, que surgiram há 180 milhões de anos, em momentos de fúria e calmaria da natureza. Nestas encostas com ambiente seco, diversas formas de vida conseguem se desenvolver.
Atentas corujas cuidam de seus ninhos e trépidas libélulas pousam ligeiras, banquete para os pássaros como joão-de-barro. Acampar na encosta é proibido. Uma gruta construída para pagar uma promessa abençoa quem passa. Mensagens e imagens chamam atenção dos visitantes. Bancos e mesas pedem um piquenique com a família. Árvores fornecem sombras para quem não levou guarda-sol e protetor solar. Os veranistas do local oferecem um banho através de uma vertente da encosta do morro. Um chuveiro improvisado ajuda na hora de refrescar e tirar a areia do corpo.
Como chegar:
Por carro: Pela SC-100 chegar até a localidade da Passagem da Barra e seguir as placas. Vindo do centro do município é preciso passar pela balsa no canal da lagoa Santo Antônio.
A pé: Por trilha passando pela praia de Gravatá entrando na comunidade de Ponta da Barra, seguir ao sul, por meia hora atravessar costão de pedras.
De ônibus Linha Farol-Laguna descer na localidade de Passagem da Barra nas proximidades da igreja e seguir a pé até a praia. São três quilômetros.

Em Piçarras, carnaval terá cinco dias de folia no palco central

Esportes na praia, “Cantando Por Aí” e matinê infantil fazem parte da programação Já começaram os preparativos para o carnaval de rua em Balneário Piçarras.
O palco da orla central vai reunir durante cinco dias os foliões que aproveitarem o feriado na cidade. As tradicionais marchinhas vão se mesclar a novos sucessos da música brasileira na estrutura que será montada no entrocamento com a Rua Marcílio Dias, no centro. As crianças também terão uma tarde só para elas com a Matinê Infantil. A Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte (Setuce) começa a distribuir na próxima semana a programação oficial do carnaval da cidade.
A festa começa dia 17 e segue até 21 de fevereiro animada pela banda Torre de Babel, a partir das 22h30, com acesso gratuito. Além da festa norturna, palco terá matinê para a criançada dias 19 e 21. Para a garotada, dois dias da programação estão sendo preparados. Brincadeiras, desfile de fantasias e muita diversão vão fazer parte das matinês dos dias 19 e 21, a partir das 15h30.
Esportes na praia
Quem aproveitar o feriado na orla norte da praia vai poder participar da última semana do projeto “Esporte Verão”. Na tenda montada na descida da Avenida Victor Zimmermann, bairro Itacolomi, o visitante pode escolher entre diversas modalidades como futebol e volei de praia, jogos de tabuleiro, ginástica aeróbica, entre outros.O projeto da Setuce e Governo Municipal começou em dezembro e, até o carnaval, funciona nos fins de semana das 9h as 18h. Todas as atividades são monitoradas por profissionais e acadêmicos de educação física.
Recepção especial
Durante as noites, o visitante é recepcionado pelo projeto “Bem vindo Turista”, que leva o grupo vocal “Cantando por Aí” até os bares e restaurantes da cidade. O repertório com clássicos da música popular brasileira é a forma que o Governo Municipal escolheu para dar as boas vindas. Os turistas também recebem flores e um cartão postal de boas vindas assinado pelo prefeito Umberto Teixeira. "Reativamos essa iniciativa em 2009 e é sempre um grande sucesso. Muitos se emocionam com as serestas antigas e com a própria surpresa", afirma a secretária de turismo Flávia Coradini.O grupo percorre até três estabelecimentos por noite e se apresenta em Balneário Piçarras até 18 de fevereiro.A agenda completa do verão em Balneário Piçarras está disponível no site: www.balneariopicarras.sc.gov.br/eventos.

Porto Belo: Caixa D’aço é destino preferido dos cruzeiristas

A Capital Catarinense dos Transatlânticos, Porto Belo, recebeu na terça-feira (24) cerca de 2300 passageiros, que chegaram à cidade à bordo do transatlântico Costa Vitória. Os cruzeiristas foram recepcionados no novo Píer Municipal Manoel Felipe da Silva, no centro da cidade.Entre os destinos escolhidos pelos visitantes, destaque para a praia do Caixa D´Aço, Ilha de Porto Belo e centro comercial da cidade de Porto Belo.
Os 2300 visitantes, em sua maioria argentinos, aproveitaram o dia ensolarado para desfrutar das belezas e atrativos da cidade de Porto Belo. Na quinta-feira (26), Porto Belo recebeu outro transatlântico, o Grand Celebration, que trouxe para a cidade cerca de 1.896 visitantes.

Praia Central atrai milhares de turistas a Balneário Camboriú

A Praia Central de Balneário Camboriú é o local escolhido por milhares de turistas para passar as férias de verão. Palco de diversos shows, esportes e muita gente bonita. Com completa infraestrutura, é onde se encontram diversos hoteis, bares, restaurantes, casas noturnas, além de um comércio para todos os gostos e idades. A Praça Almirante Tamandaré, na região central da orla da cidade, também é local para várias atrações já que muitos turistas e moradores se encontram ali.
Com uma extensão de 6,8 quilômetros, a praia mais urbanizada da cidade é margeada pela Avenida Atlântica, tem um calçadão que acompanha toda a orla, com dezenas de quiosques, locais para leitura e bate papo, além de ser muito procurada para caminhadas. Quem visita a Praia Central, conhecerá um dos principais cartões postais da cidade, a Ilha das Cabras, a 600 metros da faixa de areia e visível em qualquer ponto da avenida. O acesso à praia pode ser feito através da BR-101, que passa paralela a costa, seguindo em direção aos prédios altos da cidade até a Avenida Atlântica. A Praia Central é cercada pela Mata Atlântica e pode ser vista no Morro do Careca, Pontal Norte da cidade e no Morro da Aguada, que abriga o teleférico do Parque Unipraias, na Barra Sul.
Outro ponto de destaque é o molhe da Barra Sul, lugar ótimo para tirar fotos da orla. Já no Pontal Norte existe um deque de madeira com quase um quilômetro de extensão que passa sobre os costões e pequenas praias até chegar na Praia do Buraco, outro lindo ponto turístico de Balneário Camboriú. Assim como na Barra Sul, o Pontal Norte ganhará um molhe semelhante, dentro do processo de melhorias pelo qual a região vem passando, para se transformar em mais um ponto altamente atrativo na cidade.

Verão Tudo de Bom leva comodidade aos banhistas da Praia da Guarda do Embaú

Ontem (28) e, neste domingo (29), sábado e domingo, os banhistas da Praia da Guarda do Embaú tiveram a oportunidade de curtir a comodidade proporcionada pelo Verão Tudo de Bom ViaCatarina. Durante o dia, as pessoas puderam tomar uma ducha no chuveiro ecológico patrocinado pelo shopping, além de receberem abanadores e pulseiras de identificação para a garotada.
Tudo de graça! A ação é itinerante, e percorre as praias de Palhoça durante os finais de semana.
GUARDA DO EMBAÚ: paraíso dos surfistas

A Guarda do Embaú é a praia mais popular de Palhoça, na Grande Florianópolis. É o paraíso dos surfistas e já fez parte do ranking das 10 melhores praias do mundo para o surf, mas ainda conserva ares de praia deserta com pousadas rústicas e vegetação nativa ao redor. As ondas são umas das melhores do litoral Sul de Santa Catarina por conta do vento nordeste. O modelo Paulo Zulu, que tem um pousada na Guarda, acabou ajudando a promover a região. O local faz parte da Serra do Tabuleiro, por isso a fiscalização contra a degradação é frequente.
Mistura de praia com rio

"É um lugar lindo, adoro a mistura de praia com rio, água salgada e doce. E de lá podemos conhecer outros lugares a pé mesmo". Guta Stresser, atriz (foto)

Circuito de Verão de Beach Tennis já movimenta Florianópolis

Beach Tennis ou Tênis de Praia. O esporte que já tem mais de um milhão de praticantes pelo mundo, aos poucos, ganha espaço no Brasil. Em Florianópolis, o Tênis de Praiaé mais uma ação da Federação Catarinense de Tênispara desenvolver o esporte, em parceria com o Instituto Lagoa Social e a Prefeitura de Florianópolis. O Circuito de Verão de Beach Tênis vai rodar a Ilha de Santa Catarina para divulgar a modalidade e introduzir o grande públicoao esporte das quadras.
Praticantes e interessados já poderão se aventurar nas areias da Praia da Barra da Lagoa, leste de Florianópolis, a partir desta quinta-feira (26/01) até o dia 23 de fevereiro, todas as terças e quintas, das 9h às 12h. Na Praia do Costão do Santinho, o evento será nas sextas-feiras, de 27/01 a 10/02. Nas sextas, dias 17 e 24 de fevereiro, o Circuito de Verão de Beach Tennis ocorre na Praia Brava, Norte da Ilha. Sempre pela manhã.
Florianópolis já recebeu dois torneios mundiais de Beach Tennis, modalidadeque nasceu em Ravena, na Itália, em 1980, porém só chegou ao Brasil em 2008 com a iniciativa de alguns tenistas. No último mês de dezembro a competição foi realizada no Costão do Santinho e distribuiu a maior quantia em premiaçõesna modalidade BeachTennis, no mundo todo, US$ 15 mil. “Nosso maior objetivo com o Circuito de Verão de Beach Tennis é divulgar essa nova modalidade do esporte com raquete, que, de forma mais descontraída, vem agregar novos adeptos ao Tênis”, ressalta Rafael Westrupp, presidente daFederação Catarinense de Tênis.Para incentivar a prática do tênis, aentidade também oferecequatro quadras, para uso públicoe gratuito,ao lado de sua sede, na Avenida Beira-mar Norte, na Capital. Qualquer pessoa pode
utilizá-las através de agendamentoprévio,com o empréstimo de equipamento pelaFCT. Para Westrupp, “o apoio da Federação Catarinense de Tênis traz toda força do esporte das quadras, já popularizado e estruturado em Santa Catarina, para difundir a modalidade do Beach Tennis”.Todas as atividades daentidade podem ser conferidas no site www.fct.org.br. Mais informações pelo telefone (48) 3028-8900.

Serviço:

Circuito de Verão de Beach Tennis

Cidade: Florianópolis

- Praia da Barra da Lagoa –terças e quintas, de 26/01 a
23/02.

-Praia do Costão do Santinho –sextas-feiras, de 27/01 a
10/02.

-Praia Brava –sextas-feiras, 17/02 e 24/02.

Evento Gratuito, sempre das 9h às 12h.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Brasileiros voam mais, mas para menos cidades

Em um ano em que a demanda por voos domésticos cresceu 15,72%, o número de destinos atendidos pelas companhias aéreas regulares caiu. Durante todo o ano, os passageiros brasileiros desembarcaram em 132 cidades, uma a menos do que em 2010, segundo levantamento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) feito a pedido do 'Estado'.Apesar de a variação ser de apenas um destino entre um ano e outro, ela acentua um processo de concentração dos voos nas cidades maiores que vem ocorrendo há anos no Brasil. Em 2000, por exemplo, as empresas brasileiras voaram para 189 cidades, segundo dados do anuário do transporte aéreo da Anac.
O recorde do setor em número de destinos foi alcançado em 1957, quando as empresas atenderam 357 cidades, lembra o diretor de comunicação, marca e produto da Azul, Gianfranco Beting, que coleciona dados sobre o setor aéreo. Naquela época, o avião mais utilizado para voar no Brasil era o DC-3, capaz de pousar em pistas precárias. Só a Real Aerovias, uma empresa que foi comprada pela Varig nos anos 60, tinha mais de 100 aviões.'Com a substituição das aeronaves e regras mais rígidas de operação nos aeroportos, não dá mais para operar em todas as cidades que recebiam voos antigamente', explica Beting.
Sem investimento em infraestrutura aeroportuária, a redução do número de cidades atendidas por voos comerciais no Brasil foi inevitável. No interior, a maioria dos aeroportos é administrada pelas prefeituras e não atende os requisitos exigidos pela Anac para receber voos regulares. Eles
precisam, por exemplo, ter equipamentos de raio X e equipe de bombeiros de plantão no local. 'As empresas vão voar em todas as cidades onde houver infraestrutura disponível. Hoje, elas voam para onde dá', disse o diretor administrativo da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional (Abetar), Victor Celestino.
A Abetar estima que existe demanda para voos regionais em 175 cidades brasileiras. Para solucionar os problemas desses aeroportos, seria necessário um investimento de R$ 2,4 bilhões. A Secretaria de Aviação Civil está finalizando um programa novo de investimento em aeroportos regionais, que será anunciado até março. Um dos pilares é o repasse da receita das concessões
dos aeroportos maiores para os menores por meio do Fundo Nacional de Aviação Civil.
Menos empresas. O problema de infraestrutura prejudica principalmente as empresas menores. 'Quanto menor o avião, maior o custo por assento e maior a dificuldade em oferecer uma tarifa viável para o passageiro. É por isso que muitas empresa regionais ficam inoperantes no Brasil', disse Celestino. Só em 2011, quatro delas pararam de voar - Sol, Noar, Meta e Puma Air. No ano anterior, outras três suspenderam a operação - Air Minas, Cruiser e Rico - e não voltaram a ter voos regulares até hoje. Com isso, o Brasil inicia 2012 com 12 empresas aéreas em operação.
O dono da Sol Linhas Aéreas, Marcos Solano, disse que parou de voar porque teve problemas nos aeroportos das três cidades que operava até outubro, quando suspendeu seus voos. O aeroporto de Cascavel (PR), onde fica a base operacional da empresa, foi fechado para reformas. De lá, ele voava para Toledo e Umuarama, ambas no interior do Paraná, com um avião da fabricante
checa LET, com 19 assentos. 'As prefeituras não estão nem aí para os aeroportos regionais e o governo federal só quer saber dos aeroportos grandes', disse.
Questionada pelo Estado, a Anac diz que suspendeu os voos da empresa por irregularidades na documentação da aeronave e do piloto. 'A Anac trata uma empresa com uma aeronave igual ela trata a TAM. É inviável', disse Solano. Segundo ele, a empresa volta a operar em abril. A Noar e a Meta, que também tiveram seus voos suspensos pela Anac por problemas na aeronave, disseram por meio de suas assessorias de imprensa que pretendem voltar a operar. Nenhum porta-voz da Puma foi localizado pela reportagem.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Ciclo-turismo e Mochileiros são destaques na Internet

Timbó e outras cidades que compõe o Vale Europeu são destaques nesta semana na Internet. Trata-se do site www.saproject.com.br (A South American Project), onde em sua página principal o internauta encontra em português e inglês, dados exclusivos dos roteiros do Ciclo-Turismo e Mochileiros, ambos com saída e chegada no município de Timbó. A South American Project é uma organização de comunicação criada por profissionais de diferentes países sul-americanos, com experiência em planejamento, organização e pesquisa. Tem como objetivo oferecer conteúdo e projetos de viagens na América do Sul com emoção, conhecimento, cultura e educação.
A Prefeitura de Timbó apoia essas iniciativas de divulgação do turismo local e regional, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Turismo, em parceria com o Consórcio Intermunicipal de Turismo, que abrange os nove municípios integrantes do roteiro turístico do Vale Europeu. O site traz detalhes da tradição ítalo-germânica, colonizadora da
região, além de um mapa detalhado com as distâncias a serem percorridas nos dois circuitos.
Velotur é opção para conhecer o Vale Europeu no carnaval

O Circuito Vale Europeu, em Santa Catarina, se prepara para receber no feriadão de Carnaval cicloturistas que vão pedalar sete dias na região que abriga a mais famosa rota de cicloturismo do Brasil. O evento é organizado pelo Clube de Cicloturismo do Brasil em parceria com as prefeituras locais e os ciclistas vão se reunir na cidade de Timbó, localizada a 160km de Floripa e a 20 km de Blumenau.
O Velotour é realizado desde 2008 e reúne em média 70 pessoas vindos de todo País a cada edição. Segundo Eliana Britto Garcia, diretora do Clube de Cicloturismo “O brasileiro possui o perfil de um cicloturista independente, que procura desafios, mas ao mesmo tempo quer a segurança de pedalar por estradas tranqüilas e com boa estrutura turística”.As inscrições são gratuitas e são feitas no local de início do Circuito Vale Europeu, em Timbó. Não é necessário experiência em cicloturismo, mas é imprescindível estar em boa forma física e ter resistência para pedalar dias seguidos por serras e morros, com a bicicleta carregada. “A bicicleta deve ser do tipo mountain bike, equipada com 24 marchas ou mais, revisada e em boas condições”, advertem os organizadores.
A pedalada será dividida em duas etapas. Do dia 19 ao 21 de fevereiro, o passeio será na parte baixa do Circuito e, de 22 a 25 a pedalada será na parte alta do Circuito. O planejamento da viagem é responsabilidade de cada participante e cada um deverá levar sua própria bagagem na bicicleta. São 350km a serem percorridos em 7 dias, havendo a opção de percorrer somente os 3
primeiros dias, a parte baixa do Circuito. O relevo e demais informações sobre o circuito podem ser conferidas no site do Clube.

Blumenau: Sommerfest registra maior público desde a primeira noite

A quarta noite de Sommerfest, realizada ontem, 26, registrou o maior público da festa este ano: 10.793 pessoas se divertiram na Vila Germânica e consumiram 7.301 litros de chope. Desde a segunda noite - 12 de janeiro - a Sommerfest tem mantido a marca superior a 10 mil pessoas, que se divertem ao som de duas bandas típicas, saboreiam diversos tipos de chope e cerveja, além de proveram as delícias da culinária alemã.
Os visitantes puderam dançar ao som das bandas Cruzeiro e Lino & Orquestra e conferir o desfile interno com algumas das atrações dos desfiles oficiais da Oktoberfest. A passagem das atrações, como a Choppmotorrad, a motocicleta do chope consagrada na Festa de Outubro, encantou o público, especialmente aqueles que ainda não conhecem, mas já ouviram falar da Oktober. "É muito interessante e também muito divertido", disse entusiasmado o contador Guilherme Salvador, da cidade gaúcha de Osório.

Animação

Para quem desfila dentro do Setor 1, a animação é a mesma da Oktoberfest, conta Roberto Vitoi Alves Ramalho, do carro Fantástica Fábrica de Chope. "Claro que a emoção de desfilar em outubro, na rua, é fora de série, mas a Sommer é um aperitivo e ao mesmo tempo a divulgação da Festa de Outubro. É quando podemos mostrar para os turistas um pouco da alegria e animação que tomam conta da nossa cidade na primavera". A próxima Sommerfest será dia 02 de fevereiro, com animação das bandas Alma Germânica e Cavalinho. A festa encerra no dia 09 ao som das bandas Society e do Barril.

Números da Sommerfest 2012

Dia 05/01
7.992 pessoas
6.391 litros de chope

Dia 12/01
10.737 pessoas
8.584 litros de chope

Dia 19/01
10.441 pessoas
7.945 litros de chope

Dia 26/01
10.793 pessoas
7.301 litros de chope

Acumulado quatro noites:

- 39.963 pessoas
- 30.221 litros de chope

Cresce número de turistas estrangeiros em Garopaba

A atual temporada, que ainda vai pela metade, já registra bons números para o setor turístico de Garopaba. O número de turistas estrangeiros na cidade, principalmente argentinos, aumentou pouco mais de 20% na comparação com o verão passado. A praia preferida pelos hermanos é a Ferrugem, reduto de surfistas que se destaca pelo clima descolado e a beleza do cenário - mar e faixa de areia protegidos por dois costões de rochas e mata nativa que avançam mar adentro nos cantos direito e esquerdo.
Além dos visitantes de outros países, brasileiros – catarinense, gaúchos, paulistas, paranaenses e brasilienses – também optaram por curtir as férias na cidade. Resultado: o movimento de locação de casas de temporada aumentou 20% na comparação com o ano passado e o número de transações bancárias realizadas no Banco do Brasil local aumentou 10%. “Nossa expectativa é de manter os números elevados nas próximas semanas para garantir ganhos para os hotéis, as imobiliárias, o comércio, os restaurantes, os bares e todos os outros setores da economia local que atendem o turista”, diz o secretário de turismo do município, Marcus Israel.
Não é por acaso que Garopaba recebe número crescente de visitantes. A cidade tem opções para os mais variados gostos. Os mais radicais podem surfar nas praias da Ferrugem e do Silveira ou descer as dunas do Siriú de sandboard. Em outra praia, a Gamboa, há escola de surf e uma faixa de areia com extensão ideal para quem gosta de caminhadas no fim da tarde. Garopaba tem ainda um centro histórico com casas da época em que a região era ponto de caça de baleias – hoje os cetáceos são preservados e atraem turistas na primavera, quando passam pela região em busca de águas quentes -, costões rochosos onde é possível fazer trilhas e grande variedade de restaurantes especializados em frutos do mar, carnes e comida italiana.
Nas últimas temporadas, para complementar as belezas naturais do município e garantir ainda mais opções de lazer aos turistas, a Prefeitura Municipal desenvolve o Garopaba Sem Stress. A iniciativa garante uma série de atrações culturais, esportivas e de lazer que atendem a turistas dos mais variados perfis e gostos. A programação inclui massagem, ginástica na praia, yoga, campeonatos de futebol, vôlei e surf, sandboard, triathlon entre outras opções. Nesse fim de semana haverá travessia e campeonato de futebol.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Conselho Estadual de Turismo entrega MANIFESTO DO TURISMO DE SANTA CATARINA a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte

Empresários do turismo de Santa Catarina ganharam um aliado para garantir a continuidade de políticas públicas desenvolvidas para este setor, que já é responsável por 12,5% do PIB do Estado. O Manifesto do Turismo de Santa Catarina será entregue ao Secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Cesar Souza Junior, nesta terça-feira (31), às 14h30, no auditório da SOL.
O Manifesto do Turismo de Santa Catarina apresenta diretrizes do Conselho Estadual de Turismo para 2012-2013.
O documento, elaborado pelas entidades do trade turístico catarinense, visa garantir à Santa Catarina o aumento da competitividade do setor, visando aproveitar os impactos da realização da Copa do Mundo de Futebol FIFA™ em 2014 e dos Jogos Olímpicos em 2016. “Acreditamos que os mega eventos esportivos representam uma importante oportunidade para acelerarmos o aumento da competitividade dos produtos turísticos do Estado de Santa Catarina”, comentou a presidente do CET, Jô Cintra (foto).
O documento, que será entregue durante 2ª reunião do Conselho Estadual de Turismo neste ano, também aponta os principais pontos fracos deste setor, que necessitam de investimentos públicos, como infraestrutura. “O objetivo é que o Manifesto possa contribuir com a nova Diretoria de Projetos Estruturantes da SOL”, afirma a presidente. Segundo ela, o objetivo macro-estratégico desde Manifesto é sobrepor-se às questões político-partidário. O CET é um colegiado democrático e representativo, cuja função é garantir a continuidade das conquistas e buscar o aprimoramento de políticas e pro­gramas voltados para o desenvolvimento do turismo de Santa Catarina. “O Manifesto se configura em um consistente instrumento aplicável, com intuito de orientar os trabalhos sincronizados da iniciativa privada (trade turístico) e do poder público com as entidades da sociedade civil organizada do turismo de Santa Catarina”, argumentou.
(Íntegra do Manifesto em página acima)